Olá brisa do mar!

A falta de tempo é um problema comum hoje em dia. Falta de tempo para estarmos com quem amamos, para relaxarmos e, claro, para cozinharmos. Este é um dos grandes motivos para depois recorrermos a refeições que são rápidas, práticas e nem sempre saudáveis…Mas será possível comermos bem sem termos de perder muito tempo? Sim, é! Por isso hoje partilho contigo 7 formas de poupares tempo na cozinha. 

 1. Planeia: planear o “menu” semanal poderá ser uma boa opção em vez de estares diariamente a pensar naquilo que vais cozinhar. E a minha recomendação é que o faças ao fim-de-semana que é quando, em geral, temos mais tempo. Decides o que queres fazer, verificas se tens tudo em casa e, caso te falte alguma coisa, aproveitas e vais logo comprar para não perderes tempo durante a semana

2. Prepara maiores quantidades: os alimentos cozinhados não se conservam durante mais de 3 dias no frigorífico, regra geral. Podes preparar maiores quantidades de sopa, vegetais, leguminosas ou cereais para depois ires comendo ao longo desses dias. Também podes optar por congelar uma parte (excepto cereais) e, assim, tens sempre comida feita para alguma emergência

3. Cozinha ao fim-de-semana: o fim-de-semana poderá ser a melhor altura não só para planeares, mas também para cozinhares para a semana. Podes confeccionar não uma mas várias refeições: uma parte  para os próximos 3 dias e a outra para congelar e comer no final da semana. Também podes cortar já os vegetais (excepto alho e cebola) e guardá-los no frigorífico para que na altura apenas precises de temperá-los e cozinhá-los. É que onde se perde mais tempo na cozinha vegetariana/vegan é, exactamente, a cortar vegetais! Ah, e também muito importante é teres folhas verdes para fazeres uma salada, algo que se prepara rapidamente

4. Garante a tua comida SOS: para além de teres comida cozinhada congelada tem também sempre no teu frigorífico alimentos práticos como chucrute, tahin, húmus e bolinhas energéticas

5. Utiliza uma panela de pressão: pode ser uma boa hipótese se queres poupar no tempo de cozedura de alimentos como o arroz integral ou as leguminosas

6. Compra leguminosas/vegetais congelados: estes alimentos assim conservados mantêm grande parte dos seus nutrientes porque são congelados no pico da sua frescura. Assim, podem ser uma óptima alternativa caso tenhas pressa. Por exemplo, abres um pacote de ervilhas, juntas cebola, alho e água e rapidamente fazes uma sopa de ervilhas* que é bastante saciante! 🙂 Mas atenção: lê sempre os rótulos primeiro antes de comprares estes produtos

7. Cozinha no forno: cozinhar no forno é muito prático porque podes preparar grandes quantidades e, ao mesmo tempo, condiciona-te pouco. É que dá-te liberdade para fazeres outras coisas enquanto aguardas que fique pronto! Por exemplo, numa travessa colocas vegetais variados no forno (que já poderás ter cortado antecipadamente) e depois acompanhas com o meu puré de couve-flor e está uma refeição feita! 

 

 Espero que estas dicas sejam úteis para ti! 🙂 

 

 

Entretanto de 24 a 28 de Abril vou estar no Faial para o Retiro de Primavera, um retiro só para mulheres. Esta é uma organização da Azorean Guarani em parceria comigo e com a Rê Schermann.  

Durante este retiro vou falar sobre os alimentos que são mais indicados para nós, mulheres, e aqueles que deves evitar para teres mais energia, melhor disposição, uma pele e cabelo mais bonitos e fazeres do peso um problema do passado. Vais ficar a saber também como fazer um detox seguro e eficaz nesta Primavera.

Os almoços serão preparados por mim, com a tua ajuda se quiseres participar, e os jantares serão feitos pelo Eugénio da CASA Chá e Bar.

Podes encontrar mais informações aqui.

 

Nutre o teu ser,

Natacha

 

 

 *O sal e o azeite adiciono apenas no final.

 

Pin It on Pinterest