Olá brisa do mar!

Há muitas pessoas que deixam de consumir lacticínios e procuram a soja como substituto. Mas sabias que a soja é o maior cultivo OGM* do mundo? Nos Estados Unidos, por exemplo, a soja OGM ocupa 94% da área total de soja. É que uma das características das culturas GM é a de serem tolerantes a herbicidas (glifosato diz-te alguma coisa?) permitindo assim maiores colheitas. Sim, a soja também é uma indústria e, como tal, há que rentabilizar. 

Em Portugal podes encontrar produtos alimentares nos supermercados, sobretudo óleos, contendo soja OGM. No entanto não te preocupes: caso um produto contenha ingredientes OGM estes devem estar devidamente identificados, de acordo com o Regulamento europeu 1830/2003, daí ser tão importante leres os rótulosMas na realidade a maioria da soja OGM é utilizada nas rações para animais. Uuuff…Não, não é bem assim. É que é importante não esquecer que se nós somos o que comemos, os animais também são.

É verdade que ainda há muita controvérsia em torno do impacto de alimentos OGM na nossa saúde, contudo é preciso estarmos alerta para as suas possíveis consequências. Uma coisa é certa: não podemos dizer que um alimento é seguro simplesmente porque nada de prejudicial aconteceu até agora. Precisamos de vários anos para perceber os efeitos a longo prazo dos OGM na saúde humana (afinal foi apenas em 1994 que começaram a ser comercializados), mas nessa altura poderá ser demasiado tarde. 

Pessoalmente não consumo soja, mas esta continua a ser a referência do mundo vegetariano devido à sua versatilidade. Encontras muitos produtos à base desta leguminosa à venda nos supermercados e lojas de produtos naturais: bebida, natas, iogurte, molho de soja, tofu, entre tantos outros. O ideal é escolheres sempre produtos certificados biológicos onde é proibido o uso de OGM

Mas o problema da soja vai para além do OGM. Sabias, por exemplo, que para disfarçar o paladar da soja as bebidas à base desta leguminosa levam açúcar e aromas? E sabias ainda que o molho de soja, isolado de proteína de soja e proteína de soja muitas vezes contêm MSG, uma conhecida excitotoxina? Podes ver mais aqui.

Escolher uma alimentação à base de plantas não significa ser à base de soja ou mesmo que ela esteja presente. Assim, apresento-te alguns substitutos da soja

  • Bebida de soja: tens bebidas de outras fontes vegetais como de amêndoa e coco que podes fazer facilmente em casa
  • Natas de soja: podes experimentar, por exemplo, natas de arroz
  • Iogurte de soja: em vez disso experimenta à base de leite de coco ou caju 
  • Molho de soja: gosto de usar coconut aminos que é nem mais nem menos do que néctar de flor de coco. É mais doce do que o molho de soja, mas podes temperá-lo depois ao teu gosto 😉 
  • Tofu: experimenta o tofu birmanês também chamado por tofu de grão de bico 

 

É já de 31 de Outubro a 3 de Novembro que vou estar no Retiro de Outono Azorean Guarani para falarmos de alimentação saudável, do impacto dos medicamentos no nosso organismo e de tratamentos naturais para doenças femininas mais comuns. São 4 dias e 3 noites de detox físico, emocional e espiritual. E ainda poderás ter uma sessão gratuita comigo! 🙂

Para mais informações ou inscrições envia um e-mail para chaves_janete@hotmail.com As inscrições terminam este domingo, dia 20 de Outubro, por isso apressa-te a tomar a tua decisão. 😉 

 

Nutre o teu ser,

Natacha

  

*OGM ou Organismo Geneticamente Modificado, o que significa criado artificialmente em laboratório através de manipulação genética.

 

 

  • Facebook
    716 Followers

 

 

 

Pin It on Pinterest